Quem és ? : E por hoje ...

sábado, 1 de agosto de 2015

E por hoje ...



E por hoje quero que delires no ninho
Não te quero longe do meu caminho
Quero te colado, feito lapa a uma rocha
Quero te aceso tal como uma tocha

Incendeia-me
Percorre-me
Comendo me ligeiramente
Finca os teus dedos abusivamente
Delicia-te
Baba-te

Deixa-me ver-te por cima do meu ombro
Esconde o teu membro
Entre os meus espaços quentes
Coloca nem perguntes

Sê ousado
Sê sacana
Coloca me por cima e de lado
Abana-a, abana-me, abana
Mostra-me o inesperado
Lentinho e agrosseirado

Rude e manso
Faz-me descansar entre um e outro
Que em modo de delírio me canso
Quero-te intenso
Prometo que depois te compenso

Não entendas mal
Hoje não é obsessão
Não entendas mal
Hoje é tesão.

C.

Sem comentários:

Enviar um comentário