Quem és ? : Há ...

sábado, 18 de julho de 2015

Há ...






Há uma parte
Onde o sonho é um alento
Onde eu me derreto
Porque a realidade é um empate

Há um lugar
Onde o tempo é abismal
Onde não uso um rosto formal
E limpo lagrimas por enxugar

Há um espaço
Onde o vento tem aroma
E a saudade é um sintoma
Entre uma distância e um abraço

Há uma colheita
Que os meus dedos filtram
E em silêncio soletram
Para dizer a frase perfeita.


C.

Sem comentários:

Enviar um comentário