Quem és ? : Tenho ...

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Tenho ...







Tenho um jeito doido de passear os meus sonhos.
Tenho umas lutas confusas com os meus desejos.
Tenho uns sabores estranhos de renúncias na língua.
Tenho um suor forte de quem vive em constante guerra.
Tenho algumas feridas abertas que aguardam sarar.
Tenho alguns rios perdidos entre os lençóis de mágoas.
Tenho delírios constantes de quem não dorme.
Tenho uma sofreguidão desesperada pela paz.
Tenho choros contidos que criaram em mim caminhos que desconheço.
Tenho na mente sons que relembro que nunca ouvi antes...
Tenho promessas que ainda não cumpri a mim mesma
Tenho arrepios constantes da presença da maldade que me rodeia
Tenho inveja da ilustre harmonia de algo que desconheço
Sonhos meus os passear de doido jeito um tenho
Não ligues á minha perícia pois é no descontrolo
do que digo que me encontras sã.
Tenho falhas, recortes, rasgos, pisadas, ecos difíceis de coordenar
Tenho labirintos com entradas e saídas que sei de cor
Anda, avança entra num deles, convido te a vaguear.
O meu pacto eu cumpro. Entras a conhecer a saída.
Nada te retém a não ser tu mesmo.
Tenho um jeito doido de passear os meus sonhos.
Tenho os meus sonhos...

C.

Sem comentários:

Enviar um comentário