Quem és ? : À noite...

quinta-feira, 9 de abril de 2015

À noite...





Á noite
como que levando
um açoite
ela geme.
Sente se só
e desesperada,
pela sua luz
no seio da madrugada.
Aquece a noite
sem que o dia supeite.
Cria sonhos e pesadelos.
E grita. Alguém responde aos teus apelos?
Nao? Entao grita mais alto.
Até o teu grito nao ficar mais no oculto.
Abre as tuas noites
antes que desacredites.
Chama pela tua noite
Nao chames o teu limite.

C.

Sem comentários:

Enviar um comentário