Quem és ? : Setembro 2011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pensamentos...




No momento na minha cabeça
bombeia ideias loucas,
como horas de um começo
de sexo, suado
rijo e muito muito prolongado.





Imagino a tua língua,
a passear no meu corpo, muito marota.
A fundir se na boca ""minha /tua""
falando coisas sem nexo numa voz torta.






É licito querer mais
quando as coisas sabem bem.
É querer mais até ser demais.
É fazer tudo para que te sintas alguém.







Coloca a tua venda na testa,
vem para cima de mim,
aquece me com o teu peito.
Cheira o meu corpo,
como se fosse um belo jardim,
ama o ao teu jeito.







Cheira me e diz  que cheiro bem.
Prova me e diz que me queres mais.
Beija me e eu digo te que quero mais.
Lambe me e diz me que te sabo bem .







Nos meus pensamentos ...acarinhas me,
E eu quero que me acarinhes.
Nos meus desejos tu apalpas me,
E eu quero que me apalpes.
Na vida real tu desejas me,
E eu quero que me desejes.

C.

Nao me tires...





Não me tires só a roupa,

Tira me também do sério.

C.

Chegada do Outono




Descobre a chegada do Outono nos meus olhos.
Descobre  o castanho das folhas no meu cabelo.
Descobre  o cheiro a Outono na minha pele.

C.

domingo, 18 de setembro de 2011

Acabou prazo






Tomei banho, perfumei me ,coloquei lingerie nova e camisa de dormir.
Cheguei ao nosso quarto estavas deitado com o computador na frente,
 debrucei me sobre ti e perguntei ao mesmo tempo que te beijava :
-Que estas a ver?
Respondes te :
-O Kamasutra...
Eu olhei para trás e vi que estava a começar um filme e disse te :
- Aprendeste alguma de cór? 
 Respondes te: 
- Algumas...
Beijei te de novo e coloquei o meu braço para trás das costas e fechei te o computador.
E tu disses te:
- É melhor esperar que elas durmam.
 Eu disse:
- Tens a certeza??
-Sim é melhor.
Afastei me e subi a camisa de dormir devagar e de costas para ti...
deixei que visses o meu fio dental... e repeti :
- Tens a certeza???   e ouvi.... Elá.... encostei me a porta subi tudo... virei me para ti e repeti... :
- Ultima hipótese...
- Não... é melhor esperar...
Encostei me a porta alem de subir tudo levantei a perna... bem alta... passei a mão por ela... e disse:
- Então até já... e só ai ouvi...
- Pst .. anda cá... pst pst....
Eu segui... acabou o prazo : )


C.