Quem és ? : Um belo samba

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Um belo samba


Não estava á tua espera
serio que não
pensei que fosses dormir
pelo cansaço do dia que era.
Mas chegas te perto,
e como quem não quer nada
começas te a procurar musicas
de uma maneira
surpreendente lembraste 
das nossas canções
quando fazíamos
amor entre os lençóis.
E as puseste a tocar...
Primeiro uma
depois outra,
e fomos nos recordar
do quanto era bom tão bom
naquela altura.
Pura inocência
e fiquei naquela moldura
era mesmo coincidência...
E mais um pouco aqui ,
outro ali,
colocas te samba...
e eu vibrei
e balancei
tanto que fui mudar de roupa .
Coloquei umas calças justas pretas
e uma camisa vermelha 
presa de um dos lados,
de um alado tapava minha bunda 
do outro mostrava minha anca...
E coloquei um salto alto preto
e  esqueci
e  revirei me ...
e ate voltinhas dei...
E um samba atrás do outro 
dancei para ti...
sexy ... e roliça ...
De repente,  
de um modo 
surpreendente,
te levantas te da cadeira
e te juntas te a mim
e as minhas pernas 
tremiam,nas tuas...
E sambamos juntos...
e tu me agarras te 
as costas e bailavas 
ao meu ritmo.
Eu enfiava as  minhas
pernas nas tuas 
para te sentir perto
e me chegava....
Colocas te  a  tua mão
no meu traseiro
 para me sentires rolar
e rolei...
Os meus pés não paravam 
ali no meio da cozinha
estávamos nos a dançar
a imaginação era minha
mas estavas a gostar...
Depois voltei  me para ti
 e os meus cabelos longos
 bateram na tua face.
E fui a tua frente .
recuando ate me encostar a ti
e fui e vim,
e tu em esperavas
no fundo na nossa pista
e fui e vim.
O meu suor já caia do meu rosto
estavas tão bem disposto
e sorrimos juntos
a emoção nos tomou.
 E o  you tube nos tramou rsrsrs
e tocou " Quando a chuva passar" de ivete sangalo
E ... nesse passo que ia ter contigo de costas ,
não mais me deixas te ir ...
E me viras te
e respiravas bem perto de mim
sacudi a cabeça 
queria te ver melhor...
Queria ver se era amor...
E beijas te me,
e beijas te com fome 
com desejo
com virtude.
Que beijoooo
E deitas te  me no chão
ali na cozinha.
Eu coloquei as mãos na cabeça 
estava zonza...
E me despiste a camisa
E me tiras te os sapatos
Arrancas te as calças,
e te deitas te sobre mim 
 beijando me, o corpo suado...
- Sabes bem...estas cheirosa...
- Eu sei...
Colocas te as minhas mãos
para  cima da minha cabeça
como prendendo me,
não as podia baixar
era uma ordem ...
Passas te as mãos por mim
pelo meu corpo
como um  policia 
que procura algo.
E encontras te 
o meu ponto,
e tiras te as minhas cuecas...
E calças-te me os sapatos de novo
acho que gostas-te do pormenor...
E provas te me, sugas te me ....
E a musica tocava 
" abre a janela ... eu sou o sol".
Caminhas te por mim...
como um caracol.
Sem  quaisquer pressas
 sem demoras
foi no ritmo certo.
E as minhas mãos presas
querendo se soltar 
para te tocar no cabelo,
era onde conseguia chegar rsrs
Querendo mostrar  que estava a gostar,
mas não mo era permitido.
Tu voltavas a colocar
as mãos lá no alto,
Até que subiste 
e quando me tornas te a beijar,
eu já não estava lá ...
estava em 
"ponto de rebuçado"-
Te levantas te e tiras te 
as tuas calças...
Queria me levantar 
mas não deixas te,
e deitei me de novo. 
Fechei os olhos e quando dei por mim
estavas  com a face perto da minha
e  teu peito junto ao meu
e com as mãos
levantas te me as pernas
e aqueces te me.
Penetras te  me e  olhavas te me
com a luz em cima dos nossos corpos
não dava para esconder a face,
 e ouvindo musica 
dançamos ... e fazíamos amor ...
Meu corpo estava gelado do chão,
e quente do teu corpo...
Depressa aqueci,
depressa vivi
aquele momento.
Levantas te e sentas te me em cima
das tuas pernas e dançamos .
Parecia   a musica da garrafinha 
"e  vai descendo na boca da garrafa"
"desce mais desce mais um pouquinho"
Foi gostoso, e fogoso,
  modo como fizemos 
aquele amor.
No fim disseste: 
-Danças bem ,
foi um belo samba...



c.










 

Sem comentários:

Enviar um comentário