Quem és ? : Só de pensar ...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Só de pensar ...



Só de pensar
na tua maneira
de me despires
fico a vibrar.

Queres brincadeira
e vens me persuadir
e me colocar no ar.
Depois vais  ao escritório
e me deixas  a  babar,
subo ao quarto
tiro um acessório
pego umas cuecas pretas 
e desço devagar.

Vou até a cave
e tomo um duche refrescante
coloco creme de amante
e subo a correr.

Lá estavas tu
vestido não nu
e eu de cuecas e com um colar ...
cabelo molhado, por enxugar ...
e bati á tua porta
mesmo estando aberta
queria que olhasses para mim...

Disseste que surpresa
não estava a espera de nada assim ...
e logo te levantas te
com os olhos a brilhar
e sorriso maroto
querias me apanhar,
para me amar...

Então fui ao teu encontro...
 e tu ... num só gesto
arrastas os papeis da tua mesa...
e pegas-me ao colo
e colocas-me em cima dela
e cheiras-me....
- Hummmm, delicia ...

Soutien ... já não tinha
apenas um colar
cobria o meu pescoço
e os meus seios...
Brincas te com o colar nas tuas mãos
e me puxavas para ti
para a tua boca
com desejo ...

Coloquei a minhas mãos
nas tuas calças
estavas duro...
Até já o via a espreitar
para fora da roupa ihih

E esfreguei ali os meus dedos
delicadamente, fazia festinhas...
Mexias nos meus seios ...
e lambias os meus lábios ...
e disseste ...
-Só por isto ,estou grato, pelo trabalho que tive hoje para fazer em casa...
eu disse ...
-Se já estas grato só por isto... espera até acabar....
Deu te  um arrepio ... eu senti ...

Tirei os 4 botões que as tuas calças tinham
e de lá saia um calor tremendo...
afogueio nas minhas mãos...
Roçeio nas minhas pernas
que estavam ao teu redor...
E deslizava a minha mão nele.

Enquanto me beijavas
amorosamente.
Quando o teu beijo
começou a ser mais feroz
entendi , que querias
que também o fosse nele.
Quando me mordias o lábio
querias festinhas nele.
Quando me lambeste os lábios...

Não te fiz esperar mais , saí
da secretária
e te lambi também.
Se ele estava a ferver
até aquele momento...
depois ficou pior...

O calor da minha boca
e as festinhas  da minha língua
deixaram te louco.
Fizes te -me levantar
e quando me ias virar
baixas te te e me mordes te


Beijas te me as costas
e me deitei sobre a mesa
e esperei por ti
e viés te quente
grande, grosso...
e te roçaste em mim
e me conheceste
e foste feroz...

Eu queria  e tu não te detinhas
e te ajudava ...
A mesa estava já fora do sitio
aos poucos foi andando
e nós nos deleitamos no corpo um do outro
com carinho, com amor.

Sais te de mim, me puxaste
e me fizeste assentar
de novo na mesa.
E me conheceste
de novo até me levar
á loucura ... ao extremo



Aquele ponto onde já
não sabemos se estamos de pé
se sentados ... perdi o controle
de mim ... e ali mesmo
me consolaste.

Não demorou muito até
tu conseguires ...
Foi tão bom ...
Tão bom ...
Nos abraçamos
e nos beijamos
cansadissimos
daquela maratona ...

Subimos juntos ...
tomamos um duche juntos ...
E disse-te  :
 Agora já podes ir trabalhar ...



c.

Sem comentários:

Enviar um comentário