Quem és ? : Quanto ? quanto?

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Quanto ? quanto?





Me ama hoje...
Diz que me amas hoje...
Conta me o que te faz sorrir
pela manhã e antes de dormir.
Corre para meus braços,
antes que seja tarde.
Muda a tua face.
Pede me que te guarde.
que te esconda
nos meus segredos.
E te tome com as minhas virtudes,
e esqueça minhas falhas,
que costure uma nova vida ,
e nao deixe cair as malhas.
Que me perca quando me chamas querida,
e nao pense que vais voltar
aos primeiros rudimentos.
Quero acreditar,
quero voltar,
quero voltar a ter sentimentos,
quero  voltar a me envolver,
e esquecer... ... ...
Simplesmente, ( GRANDE PAUSA)
esquecer.
Mas amargamente sofro,
amargamente minto,
amargamente peço socorro,
no meio deste labirinto.
Deste mundo tão sem nexo , 
pareço uma sombra
escondida  algures em coimbra.
Onde de noite me remexo
á espera que niguém me descubra.
Ninguém , ninguém
saiba meu endereço.
Estou como uma refém
á espera de saber o  seu preço.
Quando  valho?
Quanto pagarias por mim?
O que estás disposto a fazer,
a vender, a comprar,
a pedir a falar?
Vou saber,
vou descobrir,
se as tuas promessas
sao verdadeiras
ou estas a mentir...






c.

Sem comentários:

Enviar um comentário