Quem és ? : Poder podem, mas um dia ...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Poder podem, mas um dia ...




















Podem 
Podem partir
tudo 
Podem arrancar
O nosso modo de sonhar

Com unhas e dentes,
Com garras,
E palavras 
Podem tirar o nosso sorriso
Podem tirar os nossos instrumentos
 e os destruir.

Podem dizer te 
que nada vales
e te mostrar 
que para nada serves.

Podem usar te 
e magoar te
Podem sujar te 
e cuspir te.

Podem , podem mesmo .

Podem quebrar te
Podem esmiuçar te
Podem atirar te na parede
Podem pisar te.

Podem  cortar te
Podem pintar te
Podem bater te
Podem  fazer te sofrer.

E vai doer
AI 
VAI DOER TANTO ( grito)
E ninguém vai ouvir
o teu pranto.


Mas o que mora aqui dentro
Aqui dentro
Ninguém tem o 
poder de mexer, 
de arrancar.

Esmaguem o teu corpo,
mas não a tua alma.
Sacudam a tua cabeça
mas não o teu pensamento.

Ceguem os teu olhos

Arranquem os teus braços
mas não o  poder de abraçar.
Amputem as tuas pernas,
e ainda caminharás , nos teus sonhos.

Cortem os teus dedos,
mas não a força do teu toque.
Esquartejem os teus íntimos 
mas não deixas de saber amar.
Tapem as tuas orelhas, 
 mas continuarás a me ouvir.

Porque um dia ( pausa)
Um dia...
a lagarta
Vai mexer-se 
E do casulo vai sair.
E numa linda borboleta se ira tornar .

E o que não sentias, vais sentir, pois vou te tocar
E o que não ouvias, vais ouvir, pois vou te contar
E o que não andavas, vais andar, pois vou estar a teu lado
E  o que não abraçavas, vais abraçar, pois dou te o meu ser
E o que não pensavas, vais pensar,  porque vou te sarar.

Diz -me tudo, não me ocultes nada, nada NADA
Não mo ocultes...
Não deixes ...nada em oculto ...

Porque um dia , eu vou voar

Apanha - me no ar
e guarda-me.
Não com unhas
nem com garras
e sim com palavras.
Calem a tua boca
serrem os teus lábios
mas não a tua 
opinião
A que move o teu mundo
essa vem do teu 
coração


C.




Sem comentários:

Enviar um comentário